Papo de Negócio

Michelle Franzoni
de 6 a 13 de novembro.
Você está na página do Terceiro Dia, navegue nos outros dias com o menu abaixo:

Michelle Franzoni, mais conhecida como Mimis, é fisioterapeuta, artista visual e doutora em Gestão do Conhecimento, com 15 anos de atuação na área de saúde e qualidade de vida. Em 2012, após passar por uma transformação de vida, resolveu criar o Blog da Mimis, com intuito de compartilhar seus conhecimentos e transformar sua vida profissional. Surgia o primeiro blog de qualidade de vida e saúde do Brasil, precursor da onda fitness que atingiu o país nos últimos 2 anos. Em apenas 3 anos, o Blog da Mimis se tornou o maior blog de conteúdo em qualidade de vida, comportamento, beleza e bem estar do Brasil, com 18 milhões de views no site e um alcance mensal de mais de 170 milhões de pessoas redes sociais.

  • Terceiro dia – 10.11.2015
  • MP3
Resumo do terceiro dia do Papo de Negócio

No terceiro dia, Michelle segue respondendo a perguntas dos participantes.

1) Como foi abandonar a fisioterapia e mudar para outro ramo? Sua satisfação pessoal foi primordial para tomar essa decisão?
R: Michelle começa dizendo que a gente faz vestibular muito novo, sem saber ainda o que quer fazer na vida. E conta que entrou na faculdade de fisioterapia aos 17 anos e, aos 21, estava formada. Durante a faculdade, ela trabalhava fazendo eventos. Quando terminou seus estudos, e com capital próprio economizado durante os anos do curso, abriu seu primeiro negócio, um consultório de fisioterapia. Ficou com o consultório durante quatro anos mas, durante todo o tempo, sentia que não era isso que ela queria. Michelle achava a prática da fisioterapia muito “parada”, muito pouco inovadora. Então, procurando inovar, ela trouxe o Pilates para Santa Catarina e durante cinco, seis anos, sua clínica fez muito sucesso.Ela era convidada constantemente a participar de programas de televisão. Enquanto isso, ela continuou estudando: cursou outra faculdade, de artes visuais, fez mestrado e doutorado na área da internet. Mesmo assim, continuava sentindo que faltava algo na sua vida profissional.

Foi quando partiu para a França, para fazer um curso de três meses. Foi lá que decidiu fechar sua clínica; à distância, rescindiu o contrato da casa onde ficava a clínica e, assim que chegou, fechou a empresa. Nessa época, ela ainda não sabia o que ia fazer e estava longe de pensar em ser blogueira. O blog aconteceu depois de ela ter emagrecido muito e começado a cuidar da própria saúde.

Ela conta que, hoje em dia, trabalha muito mais do que quando era fisioterapeuta, mas hoje ela faz o que ama e se dedica totalmente a seu blog, com prazer. Ela aconselha a sempre procurar a satisfação plena no seu trabalho. E a ter coragem de mudar quando não se está satisfeito. Mas alerta que é preciso pensar muito, planejar cada passo de seu novo caminho. Pessoalmente, ela sente que cumpriu sua missão na fisioterapia e que as habilidades que ela foi adquirindo nesse ciclo de dez anos, são totalmente utilizadas por ela na sua nova profissão de blogueira.

2) Como é mudar de uma profissão especializada para uma atividade para a qual não há necessidade de formação? Você sofreu algum tipo de preconceito por ser blogueira?
R: A Blogueira afirma que não deixou suas especializações para trás, ao contrário, ela usa todo o conhecimento adquirido em sua prática de blogueira. Diz também que não há preconceito, mas que muita gente não entende o que é um blog.Quando lhe perguntam o que ela faz, ela responde que trabalha com redes sociais, internet.

3) Já comecei um blog, mas não fui adiante. É importante ser persistente?
R: Michelle afirma categoricamente que é importante ser persistente para qualquer tipo de atividade. “É preciso ter coragem porque o caminho nem sempre é fácil”, completa.

4) Estou pensando em criar um blog com uma amiga, isso é possível? Ou é melhor começar sozinha?
R: Michelle conta que ela começou sozinha, por conta de sua personalidade: segundo a blogueira, ela é muito perfeccionista e acha sempre que está certa. Mas acredita que é possível, sim, fazer um blog com uma amiga, na condição de que as duas se deem bem, aceitem suas diferenças e que as utilizem para enriquecer o conteúdo do blog. Ela incentiva todos os que se interessam a começar um blog, pequeno, num primeiro momento, e a perseverar para dar certo.

Michelle lembra que, no vídeo do dia anterior, ela dá dicas de como fazer um blog. Confira lá e mande mais perguntas para Michelle.

Começa hoje a 4ª Edição de 2015 do Papo de Negócio que traz como tema: Saúde e bem estar.

Para participar, acesse a plataforma do Desafio: http://www.desafio.sebrae.com.br e faça sua inscrição! Depois, vocês poderão começar a mandar as perguntas!

Elas serão respondidas de 6 a 13 de novembro, por meio de vídeos diários feitos por Michelle Franzoni. Participe!!

Central de Relacionamento 0800 570 0800