Papo de Negócio

Gerson de Sousa
de 14 a 21 de agosto.
Você está vendo a Abertura, navegue nos outros dias com o menu abaixo:

Com 12 anos de experiência na indústria de games, Gerson de Sousa trabalhou na produção de dezenas de títulos mundialmente conhecidos, tais como, Sonic the Hedgehog, Empire Total War, Bayonetta, Killzone 3, Football Manager 07, Silent Hill Downpour, entre outros. Trabalhou para a Square Enix, como Coordenador e Consultor do concurso Square Enix Latin America Game Contest 2012. Hoje, é Gerente Executivo da Abragames, Consultor em Produção de Games, Palestrante e Criador e Coordenador do curso livre “Design e Produção de Games” da Escola Pró Arte.

  • Terceiro dia – 18.08.2015
  • MP3
Resumo do terceiro dia

No terceiro dia do Papo de Negócios, Gerson responde perguntas de participantes.

1) O Brasil está preparado para suprir a demanda de profissionais nesse mercado?
R: Não, não está, responde Gerson. “Não temos empresas suficientes e o aumento na oferta de cursos de desenvolvimento de games é responsável pelo aumento de demandas por emprego nessa área”. Em ambiente de alta competitividade, o conselho de Gerson é de não depender de um curso só para se tornar um bom profissional e que é necessário que se pesquise, estude e pratique em paralelo, para um dia se destacar no mercado.

2) Que dicas você daria para uma pessoa que só quer vender games e não produzir?
R: “Se você gosta dessa área comercial, saiba que as empresas de desenvolvimento de games estão sempre à procura de profissionais de venda para atuar junto a publishers, investidores nacionais e estrangeiros, entre outros”, responde Gerson.

3) A crise que o Brasil enfrenta, está afetando o mercado de games?
R: Segundo Gerson, a crise está sim afetando o mercado: no consumo – como todo produto que depende do dólar e no qual incidem altos impostos. E na indústria de produção de games há dois cenários: para as empresas que tem clientes no exterior a alta do dólar é benéfica, mas para empresas focadas no mercado nacional, as coisas estão muito difíceis.

4) Qual foi sua principal razão para voltar ao país se você pesquisou e percebeu a falta de oportunidades no Brasil?
R: Gerson diz que foi exatamente esse o motivo dele voltar. O fato de a área ser pouco trabalhada o convenceu que havia muitas oportunidades por vir, e ele decidiu voltar para ajudar a melhorar e fortalecer o cenário brasileiro.

5) Quais são as regras de uso de imagem e propriedade intelectual no mercado de games e qual sua importância para o setor?
R: Gerson explica que as regras são as mesmas para qualquer produto audiovisual, cinema, literatura, música entre outros. Mas é importante lembrar que é extremamente importante verificar o direito de uso de imagens e palavras no desenvolvimento de um game e atentar para a gravidade de um problema desse tipo, quando o jogo já está sendo vendido no mercado ou em fase avançada de produção. Aconselha o desenvolvedor a ser assessorado por um bom advogado.

6) Pode-se vender uma ideia a um desenvolvedor?
R: “Não, as coisas nesse mercado não funcionam assim”, diz Gerson. Cada empresa tem suas próprias idéias em desenvolvimento. Mas ele aconselha a documentar muito bem a ideia e procurar estúdios independentes de desenvolvimento que podem se interessar por uma parceria se a ideia for boa.

7) Quero ser game designer e não sei bem como fazer meu CV. Já estou começando a criar meu próprio jogo no Game Maker, você acha que estou no bom caminho?
R: Gerson diz que sim, está no bom caminho principalmente por já estar praticando no Game Maker e tocando seu projeto. Aconselha a conhecer outras plataformas e ferramentas de desenvolvimento, como Unit e C-Sharp, a se familiarizar com o GDD e a trabalhar suas habilidades. Quanto ao CV, ele pede ao participante que entre em seu site (www.gamesjob.com.br) e se comunique com ele através da área de contato para que possa ajudá-lo.

Até amanhã com mais perguntas e respostas!

Começa hoje a 3ª Edição de 2015 do Papo de Negócio que traz como tema: Games.

Para participar, acesse a plataforma do Desafio: http://www.desafio.sebrae.com.br e faça sua inscrição! Depois, vocês poderão começar a mandar as perguntas!

Elas serão respondidas de 14 a 21 de agosto, por meio de vídeos diários feitos por Gerson de Sousa. Participe!!

Central de Relacionamento 0800 570 0800